domingo, 14 de junho de 2009

Par de Páginas

Literatura para mim é assim. Causa e efeito!Doses incertas de batidas no peito. É tremedeira sem frio, suor sem calor. São os olhos confusos de quem olha e úmidos de quem lê. É a verdade na palma da mão, é mágoa, é alegria no fundo do coração.
Nunca entendi rostos pálidos e sem cor diante de livros, já que para mim eles sempre foram mistérios sem fim. Tesouros a serem descobertos nas prateleiras das salas e bibliotecas de um lugar ou qualquer afim.
Minha mãe diz que sou forte e, até um pouquinho pesada, sou assim pq. além de feijão e arroz devorei livros. De todos os tipos e gostos. Uma vitamina de diversidades que sempre me agradou e me alimentou até os dias de hoje.
Nunca fui culta e lendo-os nunca pretendi ser. Se um dia for, chamem de conseqüência, mera conseqüência. Como quando criança, nunca tomei vitaminas de frutas por serem ricas em B12 ou em “C’s”, mas por deixarem a minha boca com gosto de frutas. Assim foi com os livros.

Se pudesse embrulharia vários deles em cápsulas secretas e engoliria todas de uma vez, só para sentir a causa e o efeito, só para sentir as batidas no peito. E mesmo que algum livro parasse meu peito, eu ainda os amaria como o meu par perfeito. Meu prefeito. Ele dita minhas leis.
Por Natália Oliveira

6 comentários:

Rafael disse...

"Ainda acabo fazendo livros onde as nossas crianças possam morar."
(Monteiro Lobato)
se a gente escreve nos tornamos eternos independente doq seja.
muito bom seu blog
vou linkar no meu pra ter acesso sempre q precisar

bj pra vc :)

Rodrigo Capelo disse...

Mas, Natália, prefeito não dita lei!

:D

Estou gostando desse novo estilo de postagem, curta e autodescritiva.

Leio seus textos e não vejo o tempo passar, e você sabe que esse é meu medidor de boa leitura, né?

Um beijo.

Pensamento aqui é Documento disse...

Que delícia de frase.

Se os adultos também puderem morar, eu vou!

rs

"Lê em primeiro lugar os bons livros, ou muito provavelmente não terás a oportunidade de os ler."
(Henry David Thoreau)

Volte sempre!

Beijos

Pensamento aqui é Documento disse...

Se gostou, repito a dose!

Poxa, que bom!

Fico feliz em saber!


Beiiijos!

Dayse Oliveira disse...

Os livros sempre foram os melhores companheiros... nos trazem sorrisos, algumas lágrimas e, invariavelmente, aquele gostinho inconfundível de quero mais.
Que magia eles guardam, não? Livros são o melhor transporte, pois carregam a alma a lugares indiscritíveis.
Adoro ler você..

Natália disse...

Pequeno, quero que algum dia leiam nós! Juntas.

A gente chega lá!

Beiiijos,