domingo, 9 de maio de 2010

À minha

Ela tem uma beleza frágil que exige cuidado ao olhar. Como uma pedra preciosa, é delicada ao lado de cicatrizes que ajudaram a lapidar o brilho da essência mágica que traz no peito de poucos seios. Os braços são finos, mas suportam sacolas pesadas, filhos pequenos e ônibus lotados.
Os cabelos finos carregam a imagem da primeira boneca, feita de espiga de milho, que ganhava vida em mãos pequenas e roliças. Corriam de um lado para o outro, pés descalços, sujos do jardim de barro da casa simples.
Na infância, pais e mães separados, na vida adulta, a melhor referência de família que poderia entregar de graça presente.
É dona de uma olhar de super heróis, identifica qualquer dor camuflada, por mais escondida que esteja, e diante de qualquer segredo necessariamente confidencial, silencia.
E do significado que leva, é uma das mais bonitas personagens, mãe da forma mais bela.
À minha em especial, mas deixo meu abraço a todas, por nos darem o privilégio da vida.
Por Natália Oliveira

8 comentários:

Daniel Savio disse...

A figura da mãe sempre é especial, seja quando é a forma particular da nossa mãe...

Fique com Deus, menina Natália Oliveira.
Um abraço.

Pensamento aqui é Documento disse...

Tem razão.

Um abraço especial a sua mãe. =D

Beiiijos

Anônimo disse...

Uau, como sua mãe é bonita! E que linda declaração fez a ela. Parabéns às duas: mãe e filha numa relação tão linda e afinada - neste mundo que está um caos.

Bjus.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Cara Amiga

Conheci-te através do Porto das Crónicas da nossa Tais. Vim ao teu blogue e gostei. Convido-te, por isso, a visitar a Minha Travessa e seres seguidora dela, o que desde já te agradeço.

Desculpa a chatice que te possa causar este ‘tuga desavergonhado e escrevinhador. Também ando pelo Facebook, o que quer dizer que estou aposentado, mas vivo. E tão bem disposto quanto seja possível…

Qjs = queijinhos = beijinhos

Pensamento aqui é Documento disse...

Rosilda,

ela é linda mesmo. Minha amiga, minha confidente, minha guia.

Um presente.

-

Obrigada pela visita, te visitarei.

Beijos

Tais Luso disse...

Só Tenho visto declarações lindas no Dia das Mães... Elas são nossa força, nosso esconderijo, nosso modelo; a minha... é minha saudade.

Beijos
Tais Luso

Tais Luso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Natália disse...

São nossa base, nosso edifício. Pessoas especiais demais para serem humanas. A sua deixou um pedaço da vida dela em você, que desabrocha de forma bonita, poesia.

Um beijo